quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Dicas de livros para estudo



Quero deixar aqui dicas de livros para estudo e para conhecimento da Doutrina Espírita.


Comecemos com as obras básicas, lá estão as bases da Doutrina e é lá que devemos buscar um esclarecimento claro e seguro sobre qualquer ponto e sabermos o que diz o Espiritismo sobre ele. As obras básicas, também chamadas de codificação, foram escritas por Allan Kardec, um francês que foi aluno do notável pedagogo Pestalozzi . As obras básicas são:
  1. O Livro dos Espíritos;
  2. O Livro dos Médiuns;
  3. O Evangelho segundo o Espiritismo;
  4. O Céu e o Inferno;
  5. A Gênese.
Indico que iniciem pelo Livro dos Espíritos que é feito de perguntas e respostas com mais de 1000 perguntas, mas podem ler também o Evangelho Segundo o Espiritismo ao mesmo tempo já que trata da parte moral da Doutrina. Após esses podem adentrar pelo estudo do Céu e Inferno que mostra a Justiça Divina segundo o Espiritismo e o Livro dos Médiuns que trata da mediunidade e das manifestações espirituais. Por último deixe a Gênese já que se trata de um livro mais científico e de linguagem mais difícil. Existe também um livreto lançado por Kardec que se chama "O que é o Espiritismo" que traz vários assuntos para pessoas que desejam ter uma idéia básica sobre o que trata a Doutrina Espírita.

Após o estudo desses livros a pessoa terá mais subsídios para ler e entender outros livros espíritas que não fazem parte da codificação. Dentre eles indico a coleção André Luiz que trata do mundo espiritual e como se dá a sua relação conosco, essa coleção foi psicografada por Chico Xavier e é muito boa.

Deixo também a dica de procurarem um centro espírita caso tenham realmente interesse de se aprofundarem no conhecimento da Doutrina Espírita, o estudo sozinho ajuda, mas nunca é igual estudar em grupo com pessoas mais experientes e aptas à esclarecer as dúvidas. Mesmo nas palestras públicas é possível adquirir conhecimento sobre o Espiritismo e as respostas que ele tem para a vida.


Um enorme abraço e muita paz a todos!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Prece de Cáritas


Prece de Cáritas

Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a força àquele que passa pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade; ponde no coração do homem a compaixão e a caridade!

Deus, Dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.

Pai, Dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, à criança o guia, e ao órfão o pai!

Senhor, que a Vossa Bondade se estenda sobre tudo o que criastes. Piedade, Senhor, para aquele que vos não conhece, esperança para aquele que sofre. Que a Vossa Bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda a parte, a paz, a esperança, a fé.

Deus! Um raio, uma faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra; deixai-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão.

E um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor.

Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, oh Poder!, oh Bondade!, oh Beleza!, oh Perfeição!, e queremos de alguma sorte merecer a Vossa Divina Misericórdia.

Deus, dai-nos a força para ajudar o progresso, afim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Divina e Santa Imagem.

Assim Seja.


terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Amai-vos e instruí-vos


Em tempos de transição onde a humanidade anda sem noção do caminho que toma, onde as pessoas vivem por si mesmas, mas fora de si como autômatos que vivem apenas o hoje sem a certeza do amanhã, como se o que fazemos agora não tenha consequências para nós e para os outros. É nessa hora que os espíritas devem dar o exemplo de fé e de ação, tomar como lema que o exemplo arrasta multidões. Comecemos a mudar o mundo por nós mesmos. Me entristece ver algumas vezes pelejas onde se debate puerilidades e por isso se geram inimizades, quando deveríamos buscar nos entender compreendendo o ponto de vista e o direito de pensar do nosso próximo. Busquemos no Evangelho de Jesus a inspiração para nossas relações interpessoais e na Doutrina Espírita o esclarecimento sobre as consequências dos nossos atos e os fundamentos da fé no futuro, na bondade intrínseca ao ser humano e na bondade infinita de Deus para todos os seus filhos sem distinção. Que possamos ser sal da terra e luz do mundo como nos mandou Jesus para guiarmos nossos irmãos desavisados com o poder do nosso exemplo.


Paz a todos e fiquem com as bençãos de Jesus.